Navegação rápida por teclas de atalho.

Há 3 teclas de atalho codificadas em todas as páginas, as quais permitem saltar directamente para um dos 3 elementos seguintes. Caso o elemento não exista na página a tecla de atalho não estará disponível.

Eventos

  • 05.12.2019 - 07.12.2018
    • Formação Científica e Pedagógica - CAOJ da Beira Alta
  • 09.12.2018 - 09.12.2018
    • Lanche dos Afetos 2018 - CAOJ do Porto
  • 30.11.2018 - 30.11.2018
    • Debate "A infeção VIH/SIDA: Prevenção não tem idade"
  • 05.11.2018 - 09.11.2018
    • Formação Científica e Pedagógica - CAOJ de Lisboa
  • 02.11.2018 - 02.11.2018
    • Gala Solidária '18

Entrada
Corpo da página (ALT + 2)
IV JORNADAS REGIONAIS DA ASSOCIAÇÃO PARA O PLANEAMENTO DA FAMÍLIA

A Delegação Regional da Madeira da Fundação Portuguesa "A Comunidade Contra a SIDA" (FPCCSIDA) no dias 23 e 24 de novembro marcou presença nas IV Jornadas Regionais da Associação para o Planeamento da Família "Escolhas Direitos e Saúde: Tendências e Prioridades", no Hotel Baía Azul.

Esta iniciativa mereceu toda a nossa atenção e interesse por terem sido abordadas diversas temáticas (por exemplo, intersexo, identidade de género, dependências sem substâncias, entre outras) até ao momento, pouco debatidas na Região Autónoma da Madeira.

IV Jornadas Regionais da Associação para o Planeamento da Família - Programa

IV Jornadas Regionais da Associação para o Planeamento da Família - 1

IV Jornadas Regionais da Associação para o Planeamento da Família - 2IV Jornadas Regionais da Associação para o Planeamento da Família - 3

 
SEMANA EUROPEIA DO TESTE - 23 A 30 DE NOVEMBRO

Semana Europeia dos Teste - 2018

 
DIFERENTE MAS NÃO DESIGUAL

A Delegação Regional da Madeira da Fundação Portuguesa "A Comunidade Contra a SIDA" (FPCCSIDA), a convite do Instituto de Segurança Social da Madeira, IP-RAM realizou uma ação de sensibilização/prevenção com os utentes do Centro de Atividades Ocupacionais São Pedro (CAO São Pedro) no dia 22 de novembro de 2018, nas nossas instalações.

Esta iniciativa intitulada "Diferente mas não Desigual" pretendeu promover e desenvolver comportamentos sexuais saudáveis e adequados focando em conteúdos sociais e relacionais. Mais especificamente: educar para o que é a sexualidade em geral; sensibilizar e transmitir afeto físico de forma adequada; desencorajar as demonstrações de afeto desadequadas; consciencializar para diferenciar o que é socialmente aceitável "em público" e em "privado"; encorajar o dizer Não, quando necessário; e, educar a relatar alguém de confiança em caso de abuso/aproximação sexual.

Esta ação foi dirigida a pessoas com necessidades especiais, nomeadamente, deficiência intelectual e/ou motora com idades compreendidas entre os 20 e os 45 anos, acompanhadas por uma psicopedagoga. A importância da mesma é devido à inclusão social de pessoas com necessidades especiais na temática da sexualidade pois estas estão expostas e podem experienciar um duplo preconceito social. Por um lado, devido à deficiência e, por outro, devido à perceção negativa/distorcida que a sociedade possui relativamente à sua sexualidade (seres "assexuados", "infantis", "sexualmente agressivos", e/ou "patológicos"). Para além disto, é importante destacar que as pessoas que vivem com algum tipo de deficiência estão mais vulneráveis a situações de abuso sexual, gravidez precoce e infeções sexualmente transmissíveis (por exemplo, o VIH/SIDA).

"As barreiras colocadas por outras pessoas e pela sociedade são muitas vezes uma dificuldade maior do que a própria deficiência".

Diferente mas não Desigual 2018 - 1Diferente mas não Desigual 2018 - 2

 

 

 

 

 

 

 

Diferente mas não Desigual 2018 - 3

 
DEBATE "A INFEÇÃO VIH/SIDA - PREVENÇÃO NÃO TEM IDADE" - PROGRAMA

Debate - Prevenção não tem Idade - A Infeção VIH-SIDA nos Menos Jovens - Programa

 
2ª JORNADAS PREVENÇÃO DOS COMPORTAMENTOS ADITIVOS E DEPENDÊNCIAS

A Delegação Regional da Madeira da Fundação Portuguesa "A Comunidade Contra a SIDA" (FPCCSIDA) no dia 19 de novembro marcou presença nas 2ª Jornadas Prevenção dos Comportamentos Aditivos e Dependências, no auditório da Escola da APEL, Funchal.

O Instituto de Administração da Saúde, IP-RAM, através da Unidade Operacional de Intervenção em Comportamentos Aditivos e Dependências (UCAD) organizou este evento que pretendeu dar a conhecer aos/às participantes informação técnico-científica atualizada, através de palestras temáticas, tendo como oradores ilustres investigadores, políticos e profissionais na área dos CAD. Neste espaço de reflexão e partilha de conhecimento foram abordados temas como: os comportamentos e as dependências online, a cannabis como substância de abuso, bem como a sua utilização terapêutica.

Um dos temas abordados foi a "Geração Cordão: Comportamentos e Dependências Online", proferido por Ivone Patrão e moderado por Marco Gomes, Diretor Regional de Educação. Segundo o Psicólogo Clínico e Diretor da UCAD, Drº Nelson Abreu, as dependências sem substâncias estão a tornar-se uma realidade assustadora pelo que é preciso evitar que haja uma propagação até porque a sintomatologia desta dependência, a problemática da utilização das novas tecnologias, é semelhante ao consumo de drogas.

Desta forma para a Delegação Regional da Madeira da FPCCSIDA fez todo o sentido conhecermos esta "nova" problemática uma vez que a nossa intervenção apresenta como público-alvo crianças e jovens.

2ª Jornadas Prevenção dos Comportamentos Aditivos e Dependências - Cartaz

2ª Jornadas Prevenção dos Comportamentos Aditivos e Dependências - Programa2ª Jornadas Prevenção dos Comportamentos Aditivos e Dependências - 1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2ª Jornadas Prevenção dos Comportamentos Aditivos e Dependências - 22ª Jornadas Prevenção dos Comportamentos Aditivos e Dependências - 3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
2ª EDIÇÃO DO ENCONTRO

A Fundação Portuguesa "A Comunidade Contra a SIDA (FPCCSIDA), através do Centro de Aconselhamento e Orientação de Jovens (CAOJ) de Lisboa, esteve representada nos dias 15, 16 e 17 de novembro no ISCTE, na 2º Edição do Encontro “O homem promotor da igualdade — homens e mulheres lado a lado pela igualdade de género”, promovido pela Associação "Quebrar o Silêncio".

O evento teve como eixos centrais a interseccionalidade e os direitos das pessoas LGBTI, além do tema central que foi a promoção de novas masculinidades e a promoção do papel do homem na igualdade de género.

2ª Ediçaõ do Encontro - 12ª Ediçaõ do Encontro - 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2ª Ediçaõ do Encontro - 32ª Ediçaõ do Encontro - 4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2ª Ediçaõ do Encontro - 5

 
EDUCAR PARA A SEXUALIDADE: CHAMAR AS COISAS PELOS NOMES

No dia 17 de novembro, o Centro de Aconselhamento e Orientação de Jovens (CAOJ) de Lisboa, participou no workshop “Educar para a Sexualidade: Chamar as coisas pelos nomes”.

Educar para a sexualidade é um processo continuo que deve ter inicio com o nascimento. A forma como educamos de forma diferente, meninos e meninas, condiciona o seu crescimento e pode colocar em risco a sua saúde e bem-estar.

Durante a oficina foram abordados os principais desafios da educação sexual na infância e a sua importância na prevenção da violência sexual e de género, chamando as coisas pelos nomes, sem tabus.

A dinamização foi realizada pela Vânia Beliz, Psicóloga Clínica e da Saúde.

Educar para a Sexualidade - Chamar as Coisas Pelos Nomes - 1

Educar para a Sexualidade - Chamar as Coisas Pelos Nomes - 2

 
FORMAÇÃO CIENTÍFICA - CAOJ DA BEIRA ALTA

Formação Científica 2018 do CAOJ da Beira Alta - Cartaz

Formação Científica 2018 do CAOJ da Beira Alta - Programa

Formação Científica 2018 do CAOJ da Beira Alta - Informação

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 6 de 171